sexta-feira, 4 de novembro de 2011

TOP 50 - Mangás da Jump que os leitores "Dropparam"

Hoje, teremos um post diferente do que estamos acostumados a ver por aqui no Mangás Cult (ou seja, mais um para as "curiosidades"). Recentemnete, foi divulgada uma lista dos 50 mangás da Jump que os leitores mais desistiram no meio da leitura, é uma lista bem interessante para ser analisada, então resolvi trazer a lista e fazer alguns comentários a seu respeito. A lista apresenta os títulos das séries e o tamanho de volumes (que muitas das vezes é o principal motivo da desistência de alguns leitores) e se tal mangá está em andamento ou não.





Para ver a lista na íntegra (em Japonês): clique aqui http://t.co/Nd9JqJCh

1-  Naruto (59 vol. , em andamento)
2-  Kochikame ( 177 vol. , em andamento)
3-  One Piece (64 vol. , em andamento)
4-  Prince of Tennis (42 vol. + 6 da parte 2 que está em andamento)
5-  Bleach (52 vol. , em andamento)
6-  Captain Tsubasa (37 vol. + 55 de spin-offs , em andamento)
7-  Katekyo Hitman REBORN! (36 vol., em andamento)
7-  HUNTER X HUNTER (29 vol., em andamento)
9-  Gintama (42 volumes, em andamento)
10- Jojo's Bizarre Adventure (80 vol. + 24 de spin-offs, em andamento)

Naruto encabeçando a lista, eu mesmo conheço vários casos de pessoas que desistiram de Naruto no meio do mangá. Eu particularmente gosto bastante da série, e apesar de suas falhas, reconheço que é um bom mangá. Talvez, o motivo da desistência para ele (além do tamanho da série) seja o desenrolar lento da história, que é algo comum em mangás de grande sucesso na revista. O mangá parece se encaminhar ao final, estou com grandes expectativas para o desfecho da série. Masashi Kishimoto tem potencial para fazer um bom trabalho na sua conclusão, é esperar para ver.

Logo atrás de Naruto, Kochikame marca presença, e dado o tamanho do mangá, acho que nem preciso dizer qual é o motivo, né? Kochikame é um daqueles títulos confortáveis para se ler de vez em quando, não é o tipo de mangá para se ler esperando desenvolvimento na história, e já é assim há mais de 30 anos.


Seguindo, temos One Piece, creio que os motivos da desistência, serem os mesmos de Naruto, (assim como a seguir Bleach, Reborn e Gintama). Prince of Tennis e Captain Tsubasa marcam presença entre os primeiros 10 colocados também. CT deve ser por causa da imensa quantidade de spin-offs que a série possui, sendo assim, eu acho, o motivo (Juntando todas as séries de Captain Tsubasa, chega a quase 90 volumes!!)

Olha quem está aí na Sétima posição? O meu querido HunterxHunter. Não creio que o tamanho seja o maior inimigo dos leitores do mangá, e sim os hiatos de sua serialização. Já vi muita gente que nem pretende começar a ler o mangá devido a isso (se bem que isso acontece comigo também com alguns títulos, como por exemplo *COF*COF*Berserk*COF*COF). Motivo altamente compreensível. HxH é um belo mangá, um dos melhores da grade da Jump atual, na minha opinião, mas infelizmente a série sai prejudicada graças às imensas pausas de Yoshihiro Togashi na sua serialização.

Nem vou me atrever a comentar sobre Jojo (meus altos níveis de Fanboyzismo não me permitem fazer comentários imparciais sobre a série), mas acho que esse é mais um para a turminha dos "mangás grandes demais".


11- Dragon Ball (42 vol.)
11- Bobobo-bo Bo-bobo (21 vol. + 7 da sequência)
13- City Hunter (35 vol.)
14- Kinnikuman (36 vol.)
15- Hokuto no Ken (27 vol.)
16- Rurouni Kenshin (28 vol.)
17- Dr.Slump (18 vol.)
17- Yu Yu Hakusho (19 vol.)
19- Pyuu to Fuku! Jaguar (20 vol.)
20- Eyeshield 21 (37 vol.)

Dragon Ball em 11º. Por essa eu não esperava! Eu jurava que 80% dos leitores da Jump conhecessem a história inteira do mangá. Parando para analisar, eu sinceramente não consigo imaginar motivos para que os leitores desistam de Dragon Ball. Vou deixar essa para vocês, caros leitores deste blog.

Bobobo vindo logo em seguida. Conheço admiradores (como eu) e antipatizantes desse mangá aos montes, é um verdadeiro título "ame-ou-odeie". O mangá tem um humor EXTREMAMENTE nonsense, a ponto de as piadas serem tão idiotas que ficam hilárias, isso sem falar nas intensas cenas de pancadaria misturadas a tanta insanidade cômica. Nem todos são amantes desse tipo de humor, e dos mangás do gênero que já passaram pela Jump, Bobobo é um dos que mais extrapola na quantidade de maluquices por página.

City Hunter logo depois. Esse, eu creio que o motivo principal seja o caráter episódico da série. Apesar de haver uma cronologia, ela não é muito importante para o mangá (a não ser próximo ao final da série, onde ela se mostra de vital importância). Kinnikuman provavelmente está aí por motivos bem parecidos, talvez pela aparência de mangá de comédia que a série tem no início. Yu Yu Hakusho também deve estar nessa posição pelo começo da série, afinal, ela foi a causa do mangá quase ter sido cortado da Jump na época da serialização. Foi bom o Senhor Togashi ter transformado em um mangá de luta a tempo.

Hokuto no Ken em uma posição tão alta assim?! Se for pelo "pós-Raoh", eu até que compreendo, mas se foi antes disso, quero que o Kenshiro vá correndo atrás de quem largou a leitura. O mesmo vale para Rurouni Kenshin. Fora isso, não tenho muito o que comentar sobre ambos.


Dr.Slump e Pyuu to Fuku!Jaguar se juntando ao grupo dos mangás de comédia da lista. Ambos eram um pouco episódicos, mas possuíam uma cronologia que era importante para ambas as séries.

E por fim, nessa parte, Eyeshield 21. Consigo imaginar dois motivos para ele estar aí: A demora até os jogos do mangá começarem (que é meio comum em mangás de esporte na Jump) e o pós-christmas Bowl. Eu particularmente, não li ES21 todo (eu meio que posso ser incluído nessa lista de leitores que parou no caminho, mas pretendo continuar a leitura assim que possível), mas ouço muitos comentários sobre perda de qualidade da história neste ponto.


21- Yu-Gi-Oh! (38 vol.)
22- Cat's Eye (18 vol.)
23- Jigoku Sensei Nuube (31 vol.)
24- Nurarihyon no Mago (18 vol., em andamento)
25- Magical Taruruuto-Kun (20 vol.)
26- Ichigo 100% (19 vol.)
26- Hikaru no Go (23 vol.)
28- Kimagure Orange Road (18 vol.)
29- High School Kimengumi (23 vol.)
30- Rokudenashi BLUES (42 vol.)

Yu-Gi-Oh! aqui, creio que o motivo deva ser o começo do mangá. Apesar de legal, não é nenhuma maravilha. No momento, estou lendo o mangá, e estou gostando da série (já passei da parte a que me referi no começo do parágrafo). Talvez quando eu terminar de ler, eu faça um post falando com mais detalhes sobre Yu-Gi-Oh!

Me abstenho de comentar sobre Cat's Eye, Jigoku Sensei Nuube, Taruruuto-kun, Hikaru no Go, Kimengumi e Kimagure Orange Road por não tê-los lido, por isso, deixo essa pra quem leu as séries e quiser deixar a sua opinião nos comentários.

Nurarihyon no Mago, qual será o motivo? Eu confesso que sou um dos que largou o mangá no meio do caminho (não achei grande coisa, e não me empolguei a continuar lendo, apesar de ter parado com uns 30 capítulos mais ou menos). Mais um que deixo para os que acompanham a série comentarem.

Ichigo 100% aí, acho que deve ser pela atmosfera "bobinha" do mangá, a história só fica profunda mesmo (e até demais) nos 5 últimos volumes.

Rokudenashi BLUES, aí possivelmente pelo tamanho do mangá. É um ótimo mangá de luta de delinquentes com boxe, as brigas são bem empolgantes.

31- Shaman King (32 vol.)
31- Bakuman (15 vol., em andamento)
33- Saint Seiya (28 vol.)
33- Seikimatsu Leader Den Takeshi! (25 vol.)
35- Slam Dunk (31 vol.)
36- Sakigake!! Otokojuku (34 vol.)
37- Jungle no Ouja Taa-chan (27 vol.)
37- Dragon Quest: Dai no Daibouken (37 vol.)
39- Ginga Nagareboshi Gin (18 vol.)
39- Houshin Engi (23 vol.)

Shaman King: O tamanho, talvez não seja o principal motivo da desistência. Shaman King é um bom mangá, possui ótimas lutas, personagens extremamente carismáticos, mas acho que um ponto negativo (que não sei ao certo se deve ser considerado um fator contra, mas...) da série seja o fato de o mangá se centrar em APENAS UM ARCO. Isso mesmo, o mangá passa 80% de sua extensão em um único arco: O Shaman Fight. Não que isso seja ruim, a história do mangá é muito bem conduzida e agradável, mas acho que é o tipo de mangá que devido aos Cliffhangers, deveria ser uma tortura para acompanhar semanalmente (tanto que em poucos minutos eu conseguia acabar de ler um volume inteiro). Pode parecer um grande contra para a série, mas acreditem, não é. Shaman King vale bastante a pena. Mais um dos quais talvez ganhe um review meu aqui no Mangás Cult.

Bakuman, tão novinho, já aí na lista. Ainda acompanho semanalmente o mangá, costumava ser um dos meus favoritos da revista, mas há alguns capítulos, a série perdeu MUITO do seu brilho. O mangá foi extendido além do que devia (na minha opinião, com o andar da história antes, eu conseguiria ver Bakuman se encerrando lindamente lá pelos capítulos 100~120 no máximo). Talvez a desistência dos leitores nele seja bem recente, se não, creio que estaria algumas posições acima.

Saint Seiya aparecendo aí. Como vocês talvez devem saber, eu não consigo gostar de jeito algum dos mangás de Masami Kurumada. O esquema "Vilão sequestra heroína, os heróis vão tentar salvá-la, mas acabam derrotados pelo golpe mortal do vilão, e de repente o herói principal se lembra que tem uma donzela a salvar e *PIMBA!* ganha forças e vai ao resgate" é usado constantemente durante o mangá, causando muita repetitividade. Me abstenho de fazer mais comentários sobre Saint Seiya, por isso, PRÓXIMO!

Não li Seikimatsu Leader Den Takeshi! na íntegra, mas conheço um bocado do universo da série. Talvez, ele tenha motivos semelhantes a Bobobo, apesar de que Takeshi é um mangá que sabe ser sério algumas vezes, mostrando várias lutas com bastante pancadaria e violência. Não farei maiores comentários por não ter lido o mangá (Apenas ter usado os meus não muito avançados conhecimentos de Japonês para folheá-lo).

SANTA MÃE DE DEUS! Slam Dunk aí? Mais um que eu não esperava encontrar nessa lista. Preciso tomar vergonha na cara e dar o meu jeito de ler esse mangá. Mais um pra lista do "comentários dos leitores para complementar o post".

Sakigake!! Otokojuku possui características semelhantes a Saint Seiya quanto ao quesito repetitividade (não, não tem donzela em perigo aqui, ainda mais porque praticamente não tem personagens femininas nesse mangá, dá pra contar nos dedos quantas aparecem), só que faz isso de um jeito divertido, mostrando várias técnicas curiosas de luta para os personagens do mangá. Como não o li todo, não acrescento maiores comentários sobre. O mesmo vale para Taa-chan (o qual o motivo talvez deva ser o uso de capítulos episódicos no começo também).

Não comentarei sobre Dai no Daibouken e Houshin Engi por não tê-los lido (apesar de que li uns poucos volumes de Houshin Engi para conhecer a série). Lá vai mais um pra quem leu comentar nos comentários. (pleonasmo não intencional aqui).


Ginga Nagareboshi Gin pode ter uma série de possibilidades, uma delas é a súbita mudança de tema do mangá (o que pode não ter agradado a todos). No começo, Ginga Nagareboshi Gin, é mais focado na história de um caçador atrás do grande e terrível urso Akakabuto, e de repente, passa a se focar nos cães de caça formando um grupo de cães para atacar o urso e seu bando. (Plot esse dura 14 dos 18 volumes do mangá). Não vou entrar em muitos detalhes neste post, até porque já fiz uma matéria exclusiva para GNG aqui no blog.

41- Black Cat (20 vol.)
42- Rookies (23 vol.)
43- Majin Tantei Nougami Neuro (23 vol.)
44- Moeru! Oniisan (19 vol.)
45- Sket Dance (21 vol., em andamento)
45- Toriko (17 vol., Em andamento)
47- Hareluya II BOY (33 vol.)
48- WHISTLE! (23 vol.)
49- Kenjitsu Umesora Koukou Yakyuubuin Yamashita Tarou-Kun (21 vol.)
50- Black Angels (20 vol.)

Já tentei ler Black Cat algumas vezes, mas não consegui passar do volume 2. O mangá não é ruim, simplismente não me empolgou o suficiente. Tentarei futuramente. Como não li muito da série, não faço maiores comentários. (Idem para Rookies, WHISTLE!, Tarou-kun e Black Angels.)

Majin Tantei Nougami Neuro demora um pouco para começar a empolgar de verdade. É um ótimo mangá de mistérios, começa a tomar proporções épicas depois de uns 60 capítulos. Talvez a demora para atingir o seu nível máximo de qualidade seja a causa de aparecer aí.

Nunca li Moeru! Oniisan (mas já ouvi falar e tenho curiosidade de ler). Por isso, nem comento.

Sket Dance. Um bom mangá de comédia, mas acho que ser um pouco episódico colabora para isso, então, a situação dele é semelhante à de outros mangás do gênero mostrados no post.

Toriko, talvez alguns de vocês saibam, é um dos meus títulos favoritos da grade atual da Jump, acompanho desde quando a serialização começou. Acho um ótimo mangá. Acho que o caso do abandono com ele acontece antes mesmo das pessoas começarem a lê-lo. A premissa de Toriko, a princípio, pode não ser lá das mais atraentes (um caçador Gourmet que caça ingredientes para restaurantes de luxo), mas comigo o mangá me cativou desde o começo.

E por fim, Hareluya II BOY. O mangá é extremamente episódico, com altas cenas de pancadaria e muitas cenas de comédia divertidas. Apesar de ser sobre delinquentes, eu o colocaria no mesmo páreo de mangás de luta mainstream da época em que foi publicado como Dragon Ball e Yu Yu Hakusho (acreditem se quiser, eu consigo enxergar semelhanças entre eles). HIIB pode ser meio repetitivo (afinal, TODOS os arcos do mangá giram em torno de um "problema a ser resolvido" por causa de um personagem coadjuvante), mas os seus personagens legais empolgam. Talvez a causa do abandono do público seja por causa de ser tão episódico.





Espero que tenham gostado do post. E aí, qual é a opinião de vocês para alguns dos títulos dessa lista. Vocês já chegaram a largar algum desses durante a leitura?

26 comentários:

  1. Te parabenizo pela paciência.
    Too long...

    ResponderExcluir
  2. Hikaru no go certamente desistências ocorreram por volta do Volume 14, em que a série perde um ótimo personagem e ganha um toque muito mais real e menos fantasia/comédia que no começo.

    Slam Dunk só não vejo UM motivo sequer pra alguém largar, começa bom e SÓ cresce, até os entre-jogos acho divertidos.
    Talvez pela retirada do school-life que tinha um pouco no começo, SD não parece ser o que vai ser quando começa.

    (Cara, Berserk dá pra você ler só o Era de Ouro e depois parar.)

    Dragon Ball talvez pela enrola que acabou dando com saga Buu. Sei lá, consigo facilmente visualizar alguém querendo largar pós saga Freeza, ou até assim que começa DBZ, devido à perda de boa parte do humor.

    Acho que desses ai não cheguei a largar nenhum que eu tenha começado, mas já me acontece de eu nem querer começar HXH, por exemplo, por causa dos hiatos.

    ResponderExcluir
  3. Tanto para Hikaru no Go quanto para Slam Dunk o motivo de desistência deve ter sido o mesmo: os jogos. Longe de eles serem ruins, mas são demorados. Em Hikaru tendo alguns bem empolgantes de 5 capítulos, cujo fogo é o psicológico dos personagens. Ler isso semanalmente deve no mínimo, incomodar.

    Slam Dunk é o mesmo só que numa carga mais acentuada ainda, pois tem jogos que chegam a ter dois volumes. (Destaque para o jogo final)

    ResponderExcluir
  4. cujo foco* WTF.

    Judeu, a saga Boo é a mais rápida no mangá. Pode ter parecido lenta no anime por causa da Toei, mas pelo que me lembro ela tem míseros 5 volumes de mangá. E é nele que volta a tão esperada comédia graças ao Saiyaman. Não deve ter sido aí que largaram, não. Provavelmente quando Goku cresceu e o foco do mangá mudou em 100%.

    ResponderExcluir
  5. Tá legal, falei merda.
    Não saga Boo especificamente, mas pós saga freeza eu consigo imaginar muita gente largando. Só dizendo.

    ResponderExcluir
  6. Caraaa, eu acho que os japinhas enxergam os mangás bem diferente de nós, talvez seja impossivel compreendermos os motivos que os levam a largar os mangás.
    Já parei uma porrada de titulos aí a cima, mas o motivo ou é falta de grana ou falta de onde encontrar pra ler.

    Reforçando o que foi dito antes, Slam Dunk é perfeito, não tem como parar no meio. e o jogo que mais dura se nao me engano abrange 6 ou 7 edições.
    Eye Shield é mto curto após o christmas bowl, acho q nao faria mto sentido largar tb. Outro mangá super foda.
    Acho que os motivos q vc apresentou fazem bastante sentido. No caso do Hokuto no Ken tb é capaz que tenham parado dps q o Kenshiro volta da ilha, q fica bastante fraco, mas só lamento se eles perderam o final por causa disso.

    E sobre o Berserk, a era de ouro é simplesmente incrivel, só não fazia sentido acabar o mangá dps dela. pena q kentaro miura fez algo tão foda que não conseguiu superar dps.

    ResponderExcluir
  7. Belo post.

    O mais estranho é que grande partes dos mangás que eu leio ou li estão ai, principalmente os do meu top 5 de manga.HAHAHA!!!

    Bem tentando explicar alguns:

    Dragon Ball: Como grande fã a serie que sou, não imaginava ele logo na 11° posição mais creio que o grande motivo seja o que o artie315 falou, a mudança de gênero aventura para luta pode ter afastado algumas pessoas.

    Black Cat: Eu sou um dos que pararam de ler esse mangá, ele é bom, mas não a nada que te prenda a historia, é daquele tipo que você só le pra passar o tempo se você encontra algo melhor você para de ler ele sem pensar. Eu mesmo parei a 3 volumes do fim.

    Yu-Gi-Oh: Esse eu discordo de vc Nintakun, não é o começo que faz a pessoa parar de ler ele e sim o “entre sagas”, na verdade a narrativa desse manga é a mas lenta possível as únicos sagas que são realmente legais de se ler são o Reino dos Duelistas e a Batalha da cidade, as histórias que antecedem e sucedem essas duas sagas são arrastadas e descartáveis, o final mesmo é muito maçante de se ler só valendo a pena pela luta que encerra o manga que é muito boa. Na 2° vez que fui ler Yu-Gi-Oh, nem termine de ler por não aguentar o ritmo da saga Memórias do Farao. Alem de que esse manga possui explicação de mais pra muita coisa.

    Hokuto no Ken e City Hunter: eu realmente não entendo City Hunter que é um manga extremamente divertido. Hokuto creio eu que seja mais pelos exageros nas lutas(cara morri um pouco por dentro falando isso agora), infelizmente tem gente que não gosta e também o fato da 2° fase repetir um pouco da 1°(cara não acredito que falei isso de Hokuto no Ken, mas tenho que ser critico).

    Houshin Engi: Tem hora que vc se sente meio perdido no mangá, principalmente pela inda e volta de vários personagens na história, alem de que praticamente cada capitulo te apresenta alguém novo que vem do nada some e só volta bem depois. Mas é um bom mangá, falando nisso esse preciso terminar de ler.

    São só desses que eu posso falar, mas achei bem estranhos tarem ai Sakigake!! Otokojuku, Dragon Quest: Dai no Daibouken, Gintama e Rurouni Kenshin.

    ResponderExcluir
  8. Ótimo post, meus parabéns pela paciência em descrever a todos!

    Fiquei surpreso por algumas séries aí da lista, em especial queria comentar sobre "Slam Dunk". Não sei como alguem conseguiu dropar esse mangá, talvez se não tivesse lido o 1° capítulo inteiro, ou não gostasse de basquete! Só pode!

    Concordo com boa parte das opiniões expressas no blog, e concordo que o tamanho das série é bem prejudicial para seu acompanhamento.

    Estranhei Inumaru Dashi não constar na lista. Em contrapartida séries muito épicas como Dragon Ball, Hokuto no Ken e One Piece estão encabeçando a lista. o.O

    Farei uma cópia no meu blog (só da lista) indicando o seu como referência e comentários, pode ser? Caso tenha algo contra posteriormente, peço que entre em contato.

    ResponderExcluir
  9. @LINK#6065
    Contanto que me dê os créditos e poste o link daqui, não vejo problema algum.

    @OjudeuAteu @Artie315
    Eu não consigo, de maneira alguma ver como droppariam Dragon Ball. Tá certo que o mangá chega a ser um pouco enrolado, mas é como o Artie disse, o desenrolar dele é bem mais rápido que o do anime. Os Japoneses pensam de um modo bem diferente do nosso.

    ResponderExcluir
  10. Sobre Houshin Engi:
    O manga é muito bom no começo, quando o tempo todo o Taikoubou dá sinais de ter uma lábia sem limites. Depois a qualidade cai muito. Mais ou menos a partir do ponto em que aparece o Chou Kou Mei a série fica melhor a cada capítulo, sério. Acho que o Ryu Fujisaki parou com a série com medo de o seu cérebro explodir de tanta awesomeness.
    Imagino que o pessoal tenha droppado nesse intervalo de qualidade inferior.

    Sobre Black Cat:
    Não é uma obra-prima, mas é algo MUITO bacana de ler. É um dos meus mangas favoritos, mesmo eu tendo lido outros que eu considero melhores (nem tudo o que a gente gosta é bom, e nem tudo o que é a bom a gente gosta, dá para entender?).
    Lembra o que você tinha me dito sobre MÄR, que era cheio de clichês mas era bom? É mais ou menos isso que eu sinto por Black Cat. XD
    Imagino que o pessoal tenha droppado por não ser uma super-obra-prima.

    ResponderExcluir
  11. Aliás, eu odiaria conhecer Hareluya Hibino pessoalmente, pois inevitavelmente eu seria assaltado, espancado, esfaqueado ou sequestrado para ser resgatado/encontrado/vingado vários capítulos depois e provavelmente não vê-lo nunca mais. XD

    ResponderExcluir
  12. curto o teu blog cara,pq vc faz post sobre series antigas,parabens!
    poderia entrar no meu?
    ta ai o link >>>> blogdeanimesfoda.blogspot.com

    ahhh,eu ñ acho o anime de ginga nagareboshi gin,pode passa pra mim mesmo em ingles?flw

    ResponderExcluir
  13. os que eu realmente não esperava ver ai é slam dunk e toriko, no maximo se a pessoa tiver dropado bem no começo xD

    tem outros nomes como OP, HxH, Dragon Ball, Hokuto no ken que eu também não esperava, mais pelo fato de serem mais longos da até pra entender

    ResponderExcluir
  14. quer fazer parceria comigo? se quiser,me avisa? flw

    ResponderExcluir
  15. É curioso como algumas séries famosas não aparecem na lista, como Death Note e Sexy Commando Gaiden.

    ResponderExcluir
  16. Essa lista é um pouco estranha, One Piece em terceiro lugar? Pelo número de vendas dos últimos volumes é difícil acreditar que tanta gente tenha desistido da série.

    Ps: Sempre acompanho o blog, acho muito bom. Esse é meu primeiro comentário.

    ResponderExcluir
  17. super post, sir. parabéns. =')

    a única série da jump que eu dropei até hoje foi medaka box, mas essa deve fazer parte daquele grupo que não tem um começo muito interessante e depois vai melhorando com o passar do tempo.

    quanto à questão das séries episódicas, comigo acontece o inverso, eu tenho uma tendência a gostar mais desse tipo de história. muitas das minhas séries favoritas são episódicas.
    acredito que séries focadas em grandes arcos tem muito mais chance de se tornarem chatas, dependendo do autor, claro. deve ser por isso que toriko (ao lado de sket dance) é a minha série favorita da jump atual, pois a história até agora foi formada por pequenos arcos e mesmo aquele arco da cachoeira sendo o mais fraco, na minha opinião não chegou a ficar chato, já que acabou rapidamente e começou outro.

    sobre nura, o único ponto da série em que me deu vontade de abandonar foi no arco do flashback do pai do rikuo. daquela época em que nura, shinigami e oumagadoki ficavam revezando a última posição nas toc's, mas por sorte esse arco durou uns 10 capítulos só e depois a série voltou a manter um bom nível. nem teria sentido abandonar uma série durante um flashback.

    bobobo é o tipo de série que tem que ser abandonada logo de cara se a pessoa não gostou, pois vai ficando cada vez mais idiota, no bom sentido claro. já sket dance mesmo a pessoa não gostando do começo eu acho que deve continuar a ler, pois não tem como não simpatizar com os personagens. sem perceber, você se enturma e se sente fazendo parte do grupo, lol. hehe. =B

    ResponderExcluir
  18. Fato: todos os leitores de Sket Dance são membros honorários do sket-dan e querem ter amigos iguais aos personagens na vida real.

    ResponderExcluir
  19. Cara, seu blog é muito bom, tem algum e-mail para mim entrar em contato?
    Até!

    ResponderExcluir
  20. Imagino que os mangás mais famosões estejam no topo da lista porque a turma que NÃO era publico alvo deles ouviu falar e resolveu acaompanhar so de onda... mas desistiu no meio.


    Bakuman... haha! Merecia estar no TOP 10 de dropagens! A história começa linda (apesar de todo o "boi" que o personagem ganha logo no primeiro volume, encontrando um companheiro roteirista bom... ganhando estudio profissa do tio... pegando um editor bom da Jump...) mas depois, mais ou menos após os moleques terem entrado na revista ela SÓ decai e nunca mais volta a ficar boa.

    ResponderExcluir
  21. pessoal,estou traduzindo ginga nagareboshi gin,se o dono deste blog quiser,podemos fazer parceria e ele poderia postar o mangá aqui,ai vai do proprietario do blog...

    ResponderExcluir
  22. Nurarihyon e Toriko, hahahaha.
    Nurarihyon eu acompanhei até o final do arco de Kyoto (um ótimo arco devo dizer!). Acho que o maior problema de Nuramago foi o fato do arco de Kyoto ter sido OVERPOWER demais, e não ter sido de certa maneira concluído (o motivo é meio spoiler... vamos dizer apenas que quem tinha que morrer não morreu hahahaha). Depois o mangá perde muito da graça, se torna episódico demais (bem por pelo menos mais uns 15 CAPÍTULOS).
    Toriko eu parei de ler assim que apareceram aqueles robôs de batalha (achei aquilo bem fraquinho, o que eu queria mesmo ver era outros caçadores tão poderosos quanto o Toriko).
    Bakuman eu ainda acompanho.
    Naruto me causa muita preguiça (esse tenho preferido acompanhar o anime).

    Gosto muito do seu blog, continue assim!

    bjs

    ResponderExcluir
  23. @pato
    Também Droppei Medaka Box, achei chato pra caramba e não consegui passar do capítulo 10 (e olha que tentei umas 5 vezes). Bobobo é aquilo, nem todo mundo gosta desse tipo de humor (eu acho o máximo e sou fã declarado do gênero, mas há muita gente que acha imbecilidade), creio que este seja o principal dos motivos para largarem a série.

    @Felipe
    Se quiser, pode me mandar um email para "walterdiego2@gmail.com"

    @Blogdeanimes
    Traduzindo GNG? Do Japonês ou do Inglês, posso dar uma olhada no seu trabalho antes?

    @Violet Kane
    Pretendo dar um jeito de voltar a ler Nurarihyon no Mago algum dia, mas sei lá, não tive muito ânimo pra passar de 30 capítulos. Parece ser um mangá que fica legal mais a frente. Depois que alcançar os atuais de alguns outros e terminar de ler algumas coisas pendentes acho que talvez eu volte a ler Nuramago. E valeu pelo apoio! =D

    ResponderExcluir
  24. to traduzindo GNG do ingles,só q to tendo provas,e dei uma parada,mas pretendo voltar

    ResponderExcluir
  25. Eu droppei Toriko quando ele cagou no barco no primeiro capítulo! ¬¬ Brincadeira! Achei desinteressante mesmo! E Hokuto no Ken eu droppei meio sem querer! Não deu mais vontade de ver! XD Vou ver só por causa da fodacidade! Hehe

    ResponderExcluir
  26. Black cat é um dos meus mangás favoritos, e melhora bastante depois dos 2 primeiros volumes. Tanto na história quanto na arte. O mangá em si sempre me agradou, tanto no começo quanto no meio ou no final. Embora seja clichê e tal, o mangá sempre seguiu o rumo certo.Acabou no momento certo. E quanto à arte, nos primeiros volumes têm uns desenhos meio estranhos, lol, mas depois melhora. Melhora MUITO. XD

    ResponderExcluir