domingo, 19 de junho de 2011

Resenha - 20th Century Boys

20th Century Boys
Autor: Naoki Urasawa
Gênero: Suspense, ação
Período de Publicação: 1999-2007
Serialização: Big Comic Spirits (Shogakukan)
Número de Volumes: 24 (22 da série principal + 2 da conclusão)

Naoki Urasawa é um roteirista genial, quem já leu algo dele certamente concorda. O cara já fez um pouco de tudo nos mangás, começou com um mangá de Judô (O não tão famoso "Yawara!"), chegou a fazer uma série sobre Tênis (Happy), e alguns One-Shots cômicos. Mas onde Urasawa se destaca mesmo é no suspense, tanto que muitos o consideram o mestre do suspense japonês. No post de hoje, falarei de um de seus trabalhos mais aclamados e conhecidos, e considerado por muitos, um dos melhores mangás de todos os tempos, e com vocês 20th Century Boys!





A História mostra algo incrível: como que uma inocente brincadeira de criança pode virar uma terrível profecia para a destruição da humanidade como conhecemos. Tudo começa lá no ano de 1969, com um grupo de garotos que brincam de serem heróis que salvam o mundo. Eles têm um livro que funciona como uma espécie de diário que fala sobre as brincadeiras deles, que é guardado no esconderijo secreto (daqueles que todo mundo inventa com os amigos quando se é criança).

Os garotos cresceram e logo deixam de brincar na base secreta, e quase 20 anos depois, um dos garotos, Kenji Endo, agora adulto, cuida da loja de conveniências da mãe enquanto cuida de sua sobrinha, Kanna, filha de sua irmã que saiu de casa sem dar notícias. Kenji é um indivíduo comum, como eu ou você, mas a sua vida muda drasticamente ao ver uma notícia no jornal que um de seus amigos de infância cometeu suicídio. Kenji, espantado com a notícia, vai procurar saber mais sobre o assunto, visto que esse amigo de Kenji não é o tipo de pessoa que se suicidaria.

No meio de suas investigações, ele descobre que seu amigo estava envolvido em uma espécie de ceita chamada "O Partido da Amizade", que é liderada por um homem conhecido como "O Amigo", que organiza um plano para destruir o mundo na vépera do ano-novo de 2000. Tá, até aqui você talvez deva estar achando a história boba e sem-nexo, mas calma, ainda não cheguei na melhor parte, que é quando Kenji descobre que o plano do sujeito é praticamente idêntico ao que aconteceu em uma das brincadeiras de infância de Kenji e Cia. e para aumentar mais ainda as suspeitas do jovem, o tal "Amigo" usa uma máscara com um símbolo desenhado por Otcho, um dos amigos de infância de Kenji, para simbolizar a amizade entre os garotos. Agora, Kenji terá que reunir seus amigos de infância para salvar o mundo como faziam quando eram crianças, só que dessa vez, de verdade.

Deixando a história de lado, uma coisa que é deveras incrível nesse mangá, é a capacidade de prender e envolver o leitor na história, como todo bom mangá de suspense que se preze deve fazer. O traço do mangá é muito rico em detalhes, e os personagens seguem um estilo um pouco caricato, mas bem carismáticos, é muito difícil não simpatizar com algum deles ou admirá-los. A história flui de um jeito sensacional e coeso, nas mãos de Urasawa, se torna uma das coisas mais geniais já escritas na história dos mangás.



Outra coisa bem legal em 20thCB, são as referências à vários elementos da cultura pop dos anos 60 a 80, como citações à várias bandas famosas, e até mesmo a mangás antigos como Ashita no Joe, Orochi ou até o Tetsujin 28-gou.

20thCB é relativamente famoso pelo mundo, é um dos pouquíssimos mangás cuja fama realmente se deve à sua qualidade, que deixa muitos títulos de peso de uma Shonen Jump da vida no chinelo. Ao contrário de algumas das séries anteriores de Urasawa (Yawara, Monster e Master Keaton), 20thCB nunca recebeu uma adaptação animada para a Televisão Japonesa, mas sim uma trilogia de filmes Live-Action que fizeram um bocado de sucesso também e são fiéis à história do mangá (baseado nas impressões de quem já assistiu, pois eu mesmo ainda não os vi).

Veredito Final:
20th Century Boys é sem dúvida alguma, um dos melhores trabalhos de Naoki Urasawa, e também um dos melhores mangás já escritos. Com uma hisória que te prende facilmente do início ao fim, é leitura mais que obrigatória, se você gosta de mangás de suspense (ou até mesmo se você não gosta) é um prato cheio. É um daqueles mangás que com certeza merece um 10 bem grande lá num Myanimelist da vida. Na minha opinião, é o melhor mangá que já li!
Nota: 10


Onde Encontrar:
Em Japonês, as raws podem ser encontradas em vários lugares, entre eles, no Cover-land. Em inglês, a série passou pela mão de vários scanlators até ser concluída, mas pode ser encontrada facilmente para leitura em sites de leitura online de mangás como o Mangareader. Agora em português, o extinto grupo Si~lénsce scans, fez a tradução do mangá inteiro do início até o seu final com uma EXCELENTÍSSIMA qualidade de traduçao e edição, um dos mais caprichados que já vi no scanlation brasileiro, vale muitíssimo a pena ler pela versão deles. Como o grupo já encerrou as suas atividades, o site deles saiu do ar, mas as scans podem ser baixadas na LTF mangás.

Para encerrar o post, deixo o trailer dos filmes Live-Action:
 http://www.youtube.com/watch?v=VwAIzPweL5o

 Espero que tenham gostado de mais essa análise dessa obra-prima dos quadrinhos que é 20thCB. Se você ainda não leu, LEIA, não sabe o que está perdendo.
Obrigado por ler, e comentem!

16 comentários:

  1. É uma pena ter que constatar que 20th Century Boys vai demorar um bocado até que pinte por aqui. Um anime ou movie animado? Com essa série de revivals que esta tendo ultimamente, seria muito bem vindo.

    ResponderExcluir
  2. Achei muito bom também, mas não sei se daria uma nota 10.

    Entre as obras de suspende do Urasawa eu achei essa a "pior".

    Na minha opinião, o maior defeito do mangá foi ser uma obra muito enrolada, teve muitos arcos inúteis para o desenvolvimento da história, a sensação que tive foi de que o Naoki queria enrolar mesmo ( e com enrolar lê se faturar).

    Além do mais, entre todos os mangás que li do Urasawa, essa foi a menos..........menos bem "pesquisada" vamos dizer assim.

    Monster tem um roteiro todo desenvolvido sobre história mundial, Alemanha pós-queda do muro, Nazismo. Você percebe que nenhuma informação é nos dada de graça, o autor teve que pesquisar muito pra trazer aquilo. Até em pequenas cenas onde o Tenma faz cirurgia, tudo é muito bem detalhado.

    Pluto também, um mangá sobre outro mangá. Com certeza teve muito trabalho pra fazer (reler Astroboy de todas as formas possíveis).

    Agora 20CB é a obra mais fantasiosa do autor, simplesmente foi "escrevendo o que foi indo a cabeça" sem se preocupar muito com realismo.....deu a sensação de ser quase um shonen, exagerando um pouco.

    Ainda assim acho que é uma obra que valia a pena ler, só não acho que merece todo esse Hip que deu em cima. Considero Monster, por exemplo bem melhor.

    Daria nota 8

    ResponderExcluir
  3. @Roberta Caroline
    Eu ainda tenho esperanças de ver 20thCB por aqui algum dia, mas o que me desanima um pouco é que uma vez eu li que nos países em que ele é licensiado, ele só pode ser lançado se Monster já tiver sido concluído, e como Monster teve aquele trágico destino nas mãos da Conrad, só nos resta cruzar os dedos e esperar pra ver o que acontece.

    @O Judeu Ateu
    Concordo que 20thCB foi bem enrolado e fantasioso em alguns momentos, talvez eu nem tenha ligado muito para isso quando li o mangá (talvez por ser o meu primeiro contato com as obras de Urasawa). Um dos meus maiores erros até hoje como leitor, foi não ter lido Monster ou Pluto na íntegra, ambos já estão na fila de leitura há um bom tempo. Pluto já me dá uma enorme vontade de ler só por se utilizar do universo de Astro Boy do bom e velho Osamu Tezuka. Quando lê-los, provavelmente postarei sobre eles no blog.

    Muito obrigado pelos comentários de vocês!

    ResponderExcluir
  4. Naoki Urasawa é um gênio

    ResponderExcluir
  5. Não achei um meio melhor de entrar em contato com você, então vai aqui mesmo.

    Sou o dono do blog Subete Animes, e gostaria de propor uma parceria de troca de links com o seu blog.

    Caso tenha interesse mande um e-mail para nisishimaleandro@msn.com

    Caso contrário apenas ignore esse e-mail.

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  6. Porque por um lado concordo com o Judeu, o manga tem as suas falhas e não acredito que o autor sabesse bem o final do manga quando o criou, mas por outro lado concordo com o Alissonmaru, Urasawa é um génio, um dos melhores mangakas do género seinen, Já li Pluto e estou a ler Billy Bat, então não estou a falar do Urasawa apenas por uma obra quando digo que é um génio.

    Pluto é daquelas histórias sem falhas, mas juntando todos os factores quando dou nota a um manga, 20th Century Boys ainda se saí melhor do que Pluto. Billy Bat acho o mais fraquinho do Urasawa, mas por fraquinho já é melhor do que a maioria dos que leio, além de que ainda está no começo.

    Monster por vários comentários que já li, pode-se dizer que é o melhor manga do Urasawa, além disso, pertence a um grupo de 3 mangas que eu mais quero ler, junto de Ashita no Joe e Touch.

    Voltando a 20th Century Boys, considero o manga a melhor obra da última década, junto de Full Metal Alchemist. Noutra comparação, seria bem parecido com One Piece, tem as suas falhas, mas no geral é excelente.

    Já vi os filmes e até que são bem fieis e bem feitos, o que me surpreendi já que cinema japones não me agrada nada. Só tive pena de ter cortado a cena do casino no segundo filme.

    Nota: 10

    ResponderExcluir
  7. Luiz Felipe Vitnow17 de julho de 2011 23:44

    Esse mangá é maravilhoso. No aguardo de algum dia vir para o Brasil.

    Nota 10 Fácil.

    ResponderExcluir
  8. Muito legal o seu trabalho neste blog amigo, faz justiça ao título dele. Outra coisa que gostaria de parabenizá-lo é pelo RESPEITO À LÍNGUA PORTUGUESA. Hoje em dia tá raro demais ler algo decentemente redigido (e claro que certos erros ocorrem, mas eu acho que vamos mudar nosso idioma em 10 anos se as coisas continuarem assim).

    Então, além das ótimas resenhas, há a lista de 100 mangás. Isto foi muito útil pra mim, que estou agora testando muitos mangás, já que a lista abaixo já é passado (os que continuam saindo eu vejo, claro, mas estou ficando viciado e daí não dá pra esperar sair cap novo deles):

    1 - Naruto
    2 - Bleach
    3 - Beserk
    4 - Hajime no Ippo
    5 - History Strongest Disciple Kenichi
    6 - Fairy Tail
    7 - Claymore
    8 - One Piece
    9 - Kaketyo Hitman Reborn
    10 - Negima
    11 - Highschool of Dead
    12 - Gantz
    13 - Vagabond
    14 - Wolf Guy
    15 - Yuyu Hakusho
    16 - Inuyasha
    17 - Saint Seiya
    18 - Dragon Ball
    19 - Sakura Card Captors
    20 - Ruroni Kenshin

    Obs: A numeração não é ranking de preferência.

    Vendo seus post fiquei com vontade de testar estes:

    Shingeki no Kyojin
    Ichigo 100%
    Onani Master Kurosawa
    Seikimatsu Leader Den Takeshi
    Bobobo-bo bo-bobo
    Hana no Keiji
    Eyeshield 21
    Sexy Commado Gaiden: Sugoiyo Masaru-San
    Jojo's Bizarre Adventure
    Harenchi Gakuen
    City Hunter
    DR.Slump
    Hokuto no Ken
    MiXiM

    Valeu e Parabéns de novo.

    ResponderExcluir
  9. 20th Century Boys é disparado o melhor mangá que eu já li(não que eu tenha lido muita coisa que coisa que preste) e espantoso a forma que o Urasawa desenvolve os personagens sem deixar o leitor para trás.

    Simplesmente genial.

    ResponderExcluir
  10. A Panini anunciou que vai lançar 20th Century Boys em 2012. ^^ Segue o link: http://www.animepro.com.br/noticias.php?IdNoticia=50&Data=122011

    e para quem quiser dar uma olhada no meu blog, que também é sobre animes e mangás, é: http://euosanimeseosmangas.blogspot.com

    ^^/

    ResponderExcluir
  11. Eu vi a notícia esses dias. Fiquei bem animado pelo fato de Monster também vir junto. Comprarei com certeza

    ResponderExcluir
  12. Olá amigo!

    Primeiro, você viu que estou conhecendo seu blog agora e que estou lendo dos posts mais antigos aos atuais.
    Acabei de ler este post e lembrei que a Panini está lançando ele no Brasil... e neste mês! Acho que seria uma boa avisar seus leitores.

    ResponderExcluir
  13. ola,

    ^^
    comprei a edição nº1 hoje,
    e somente por ela já sinto que a historia é espetacular!

    ResponderExcluir
  14. Concordo com as palavras do Judeu. Não achei 20th Century Boys essa obra-prima que muitos falam, não. Como o Judeu comentou uma das principais falhas do mangá na minha opinião, é que ele é enrolado demais, principalmente quando você chega nos volumes finais e mais ainda no epílogo 21st Century Boys. A leitura em vez de ser fluida, se torna cansativa e confusa. Às vezes dava-se a impressão de que o próprio Urasawa se perdia no roteiro dele. Inventando soluções mirabolantes pra poder seguir com a história. Eu acho que se o Urasawa tivesse feito um mangá menos fantasioso, sem uso de deus ex machina e uma história mais coerente e realística (como em Monster) teria saído um mangá de fato excelente. Ainda assim, é uma obra muito boa, com muito suspense, mistério, ação e aventura.

    ResponderExcluir
  15. Ele estava qrendo alertar o mundo sobre os Iluminati

    ResponderExcluir